domingo, 18 de março de 2012

*EM MEIO À MEDIOCRIDADE ESTÉTICA, MCLAREN SE DESTACA COM RARA BELEZA E VENCE.





Sem dúvida, com o mais belo F1 da temporada - ou melhor, o único carro realmente bonito - e um dos mais belos da história da categoria top do automobilismo mundial, a McLaren inicia a temporada com o “pé direito”.
Existe uma máxima na F1 que diz que carro bonito é o carro vencedor (Enzo Ferrari), mas na Austrália o carro vencedor foi o carro mais bonito.
E mais! Nesta temporada, mesmo que a McLaren não venha a ser a campeã, já é disparada a equipe com o único carro realmente bonito.
O ano de 2012 ficará marcado como o ano dos carros mais feios da história da categoria. O que dizer da Ferrari? Uma verdadeira “geringonça” sobre rodas! O carro é “horroroso”, feio mesmo! E o pior é que além de sério candidato ao carro mais feio da temporada, deu claros sinais de que todo o projeto é um equívoco.
O tal bico em degrau foi uma das mais infelizes invenções dos projetistas, resultado da imposição de um regulamento que não levou em consideração a importância de a F1, que por ser a categoria máxima do automobilismo mundial tem a obrigação de produzir também os mais belos carros de corrida. Acompanho a categoria com extrema fidelidade desde a década de 70 e não me lembro de ter visto carros tão feios como os deste ano, uma verdadeira “mediocridade estética” sobre rodas.
Parabéns à McLaren pela vitória incontestável de Jenson Button. Parabéns porque teve a ousadia de interpretar o novo regulamento de forma tão feliz. Sem sombra de dúvida, um dos mais belos carros da história da F1. E vencedor!
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...