Prestando Contas - Vice-Prefeito.

Amarildo Mayrink assinando o livro de posse, assumindo a vice-prefeitura de Bicas.


RELATO DE TODO TRABALHO REALIZADO POR AMARILDO MAYRINK

Após quatro anos exercendo o cargo de Vice-Prefeito do Município de Bicas a que foi eleito, Amarildo José Mayrink encerra o mandato de forma bastante positiva, tendo destacada atuação ao longo da administração 2005/2008, participando de forma ativa nas conquistas do Município e na solução de vários problemas de nossa cidade. Honrou o compromisso assumido com nosso povo e contrariou todas as expectativas negativas que envolvem a função de vice-Prefeito, dada a total falta de atribuição delegada aos ocupantes deste cargo.
Graças ao excelente relacionamento com o Governo Federal, Amarildo Mayrink foi o grande trunfo da administração 2005/2008, contribuindo de forma efetiva para seu sucesso.

Mayrink e sua esposa Leila na cerimônia de posse, em 1° de janeiro de 2005.


TRABALHOS E CONQUISTAS EM 2005. 

1- Antes mesmo de tomar posse, Mayrink já atuava visando melhorias no Bairro Gilson Lamha, buscando recursos junto ao Deputado Federal Paulo Delgado.
Graças a Amarildo e à sensibilidade de Paulo Delgado, foi liberada emenda parlamentar no valor total de R$200.000,00 (duzentos mil reais) para obras de infra-estrutura no bairro, calçando 05 ruas do loteamento antigo.

2- Ainda no Bairro Gilson Lamha, Amarildo conquistou a quadra poli-esportiva. Em sua primeira viagem a Brasília como vice-prefeito Mayrink visitou os Ministérios em busca de recursos para nossa cidade que já poderiam estar em andamento. Desta forma, encontrou e solucionou inúmeras pendências relativas à construção de uma quadra poli-esportiva em nossa cidade. Existia um compromisso firmado de que todos os recursos que Amarildo conquistasse nos dois primeiros anos de governo seriam destinados ao bairro. Assim foi feito!   

3- Em 1° de janeiro de 2005, Mayrink toma posse como vice-Prefeito de Bicas.
Em seguida, assume a Secretaria de Assistência Social, do Trabalho e da Habitação. Encontra uma secretaria desestruturada, com inúmeros problemas de ordem administrativa no Programa Bolsa-Família, nos programas que destinam recursos às crianças e aos idosos, enfim... percebeu que seria necessário muito trabalho para colocar a casa em ordem.

4- Ainda em janeiro, Amarildo viaja a Belo Horizonte em busca da solução destes problemas que poderiam inviabilizar toda a Assistência Social de Bicas, ouvindo da Secretaria Estadual de Assistência Social que, diante dos inúmeros e graves problemas, somente conseguiria solucioná-los no Ministério de Desenvolvimento Social em Brasília. Caso contrário, Bicas correria sérios riscos de perder estes recursos.

5- Em fevereiro, Mayrink viaja a Brasília com a difícil tarefa de liberar os recursos da Assistência Social. Munido de todos os documentos necessários e muita disposição para trabalhar, Amarildo consegue destravar todos os recursos e iniciar a caminhada da secretaria na nova administração.
Amarildo deixa a secretaria de Assistência Social e à partir daí, com mais liberdade, passa a ter nova atuação, podendo acompanhar as diversas áreas da administração.
Inicia esta nova fase visitando as escolas municipais. Após estas visitas, envia relatórios sobre inúmeros problemas encontrados ao Prefeito e à Secretária de Educação, relatórios estes que motivaram e auxiliaram as reformas da escolas municipais.

6- Graças ao empenho e a amizade de Amarildo com o Deputado Estadual Roberto Carvalho, pela primeira vez em sua história, a Escola Estadual Deputado Oliveira Souza obteve recursos Estaduais indicados por um deputado. Graças à indicação de Mayrink e a atenção de Roberto Carvalho, o Estadual recebeu R$3.000,00 e adquiriu um computador.

Deputado Roberto Carvalho e a Diretora da Escola Estadual Deputado Oliveira Souza, Sra. Rita Alhadas Leite.

7- Atendendo a convite dos alunos e da Diretora do Estadual, Sra. Rita Alhadas Leite, Mayrink ajudou a criar o primeiro Grêmio Estudantil de Bicas naquela escola, fato que revolucionou de forma extremamente positiva a relação entre alunos e professores trazendo grande benefício a todos.

8- Organizou, elaborou e realizou a "2ª Conferência Municipal das Cidades", espaço de debates e propostas para o desenvolvimento urbano do município.
Após atuação de destaque na etapa municipal, Mayrink foi eleito delegado para representar Bicas na "2ª Conferência Estadual das Cidades", realizada em Belo Horizonte.

9- Além da etapa da Conferência realizada em Bicas, Amarildo participou da Conferência Regional das Cidades, realizada em Juiz de Fora.

10- Na organização e realização da primeira exposição da administração 2005-2008, Amarildo acompanhou de perto o sistema de cobranças. Todos se lembram das batalhas de Mayrink em favor da juventude. Graças a sua luta, a lei da meia-entrada passou a ser respeitada e o que antes foi respeitado na “marra”passava a ser respeitada integralmente. Meia-entrada nos shows pagos da Expo-Bicas, conquista de Amarildo Mayrink.

11- Participação destacada como delegado na "2ª Conferência Estadual das Cidades", realizada em Belo Horizonte, onde discutiu políticas de desenvolvimento urbano com delegados de todos os municípios de Minas Gerais, defendendo as propostas aprovadas na etapa realizada em Bicas.

12- Com excelente trânsito entre os deputados do PT, Mayrink conquistou mais recursos para Bicas.

13- Recursos para a compra de trator agrícola junto ao Deputado Federal César Medeiros no valor de R$95.000,00.

 Trator conquistado por Mayrink junto ao Deputado César Madeiros.

14- No final de 2005 viabilizou o agendamento de audiência com o Secretário Nacional para o Ensino Superior no Ministério da Educação para apresentar proposta visando a aprovação do projeto de ensino superior à distância em Bicas. Aqui iniciamos a realização de um grande sonho.

15- Nesta mesma viagem, logo após a audiência, ao saírem do Ministério da Educação visitaram o Ministério da Saúde para verificar a existência de alguma demanda para Bicas. Grande foi a surpresa ao descobrirem que havia recurso liberado para a compra de uma ambulância no valor de R$45.000,00 (quarenta e cinco mil reais), pedido este datado do ano de 2004, que estava pendente por inúmeros erros de preenchimento dos formulários.
A destacar que ao tomarmos posse em janeiro de 2005, nenhuma referência a este pedido havia sido deixada. Tínhamos até as 18 horas para sanar os problemas, pois era o último dia – “exatamente isso, último dia” - para solucionar as pendências ou perder o recurso. Sem perder tempo, Amarildo solicitou junto ao setor de convênios do Ministério um terminal de computador, corrigiu as falhas de preenchimento dos documentos e resolveu todo o problema. Ou seja, graças a simples decisão de Mayrink de visitar aquele Ministério, foi adquirida uma ambulância VW Saveiro.

 Essa foi conquistada no apagar das luzes!

16- Pensando sempre no sucesso da juventude biquense e apoiado pelo então Deputado Federal Vadinho Baião, hoje prefeito de Ubá, Amarildo fez uma intensa campanha de promoção do ProUni e ENEM, distribuindo cartilhas explicativas aos alunos do Estadual. Graças a essas cartilhas, muitos jovens biquenses perceberam a real possibilidade de realização do sonho de ingressar na faculdade.



 Cartilhas sobre o ProUni e ENEM.



17- Quando ainda era vereador, um dos destaques da atuação de Mayrink foi sua luta para manter aberta a Escola Rural Val Paraíso.
Apesar de todo seu esforço, aquela escola foi fechada por total falta de sensibilidade da administração anterior. Foi uma decisão extremamente infeliz, pois era ali que a comunidade se reunia. A escola era também igreja, Posto de Saúde e Centro Comunitário. Fechando a escola, se colocava em risco a vida e o futuro dos moradores.
Para Amarildo, a reabertura da escola era uma questão de honra, sendo um dos principais compromissos firmados pelo prefeito para a coligação vitoriosa.
Como prêmio por sua luta, após sua reabertura tendo a Sra. Rosa como Diretora, uma aluna da escola venceu o concurso de redação do SENAR.
Era a prova de que Mayrink estava certo!

Mayrink com Rosa, Diretora da Escola Rural Val Paraíso e a aluna vencedora do Concurso Estadual de Redação do SENAR.

18- Sempre preocupado em participar de todas as atividades e eventos oficiais do município, Mayrink foi presença marcante em praticamente todas as formaturas realizadas nas escolas municipais de Bicas no ano de 2005. 



TRABALHOS E CONQUISTAS EM 2006.

1- Com o mesmo dinamismo de sempre, Amarildo inicia o ano de 2006 conquistando recursos no valor de R$20.000,00 (vinte mil reais) para reforma de casas populares obtidos junto ao Deputado Estadual Roberto Carvalho, recurso este que beneficiou dezoito famílias.

2- Pelo segundo ano consecutivo, consegue a liberação de recursos do Estado no valor de R$3.000,00 (três mil reais) para a Escola Estadual Deputado Oliveira Souza junto ao amigo, Deputado Estadual Roberto Carvalho.

3- Seguindo a trajetória de grande captador de investimentos para o município, conquistou mais recursos para Bicas, agora no valor de R$200.000,00 (duzentos mil reais) para a construção de uma Creche Municipal junto ao amigo e então Deputado Federal Vadinho Baião, hoje, Prefeito de Ubá.

Vadinho Baião e Mayrink em entrevista na rádio Alternativa FM.

4- Mais uma vez, Mayrink surpreende ao obter mais recursos, agora, para investimento em infra-estrutura urbana, através de calçamento de ruas em nossa cidade (três ruas do loteamento novo no Bairro Gilson Lamha, acesso a Água Santa e prolongamento da rua da Igreja Sto. Antônio). 
Graças a sua excelente relação com o Deputado Federal Vadinho Baião, com o Deputado Federal Virgílio Guimarães e com a grande influência do Deputado Estadual Roberto Carvalho, mais uma vez conquistou recursos para Bicas através desta emenda de bancada.


Recursos obtidos e liberados por Amarildo junto ao Ministério das Cidades e a CAIXA.

Festa de entrega das rampas móveis, montadas na quadra do estadual em dezembro de 2006. Amarildo, Biel e a galera do skate.


5- Para encerrar o ano de forma brilhante, Mayrink conseguiu liberar recursos para a compra de pista móvel de skate e materiais esportivos no valor de R$20.000,00 (vinte mil reais) conquistados junto ao amigo e então Deputado Estadual Biel Rocha.
Vale ressaltar que essa batalha teve início quando Amarildo ainda era vereador e a galera do skate foi na câmara pedir o apoio dos vereadores. Desde então, Mayrink passou a buscar recursos, tendo conseguido R$25.000,00 junto ao Deputado Biel em 2004.
Bastou Mayrink assumir a vice-prefeitura e com o apoio do Biel, as rampas finalmente foram conquistadas.
Por fim, graças a sua luta foram construídas as rampas definitivas em concreto, tornando-se uma das pistas mais completas de nossa região.


Rampas móveis montadas na quadra do estadual. Sucesso total com a galera do skate.


6- Fechando o ano de 2006 com chave de ouro, participou ativamente de todas as formaturas realizadas nas escolas municipais de Bicas. Esta sempre foi uma das grandes preocupações de Mayrink: prestigiar os eventos oficiais da administração 2005/2008 – inaugurações, formaturas e momentos cívicos.
Amarildo sempre esteve presente levando seu apoio e sua palavra firme mostrando que não era apenas o vice-Prefeito, mas um homem totalmente centrado em seu principal compromisso – valorizar as conquistas voltadas ao progresso de Bicas.



TRABALHOS E CONQUISTAS EM 2007.

1- Pelo terceiro ano consecutivo, consegue a liberação de recursos do Estado no valor de R$3.000,00 (três mil reais) para a Escola Estadual Deputado Oliveira Souza junto ao amigo, Deputado Estadual Roberto Carvalho.

2- Junto com sua esposa Leila Mayrink, que elaborou todo o projeto, desenvolveram com extremo sucesso em Bicas o “Programa de Compra Antecipada com Doação Simultânea do Governo Federal” que comprava a os alimentos produzidos pelo pequeno produtor rural sendo sendo doados para as entidades que prestam “serviços de assistência social com alimentos e para as escolas Bicas". Neste período as escolas receberam grande reforço na merenda escolar, sendo distribuídas 52 toneladas de alimentos.
As escolas de Bicas nunca haviam recebido antes tamanha quantidade de alimentos! 

Leila, Roberto Carvalho e Mayrink.

3- Graças ao intercâmbio com o produtor rural através do projeto, Mayrink fazia acompanhamento permanente das condições das estradas rurais, intercendendo pelos produtores sempre que necessário, tendo a prefeitura de Bicas mantido nossas estradas rurais em excelente estado.

4- Sempre preocupado com o desenvolvimento do município, pela terceira vez seguida, Mayrink preparou, organizou e realizou a 3ª Conferência Municipal das Cidades, principal espaço de debates e elaboração de propostas para o desenvolvimento urbano de Bicas, sendo mais uma vez eleito Delegado para a Etapa Estadual.

5- Participou da 3ª Conferência Estadual das Cidades, realizada em Belo Horizonte, como Delegado eleito na etapa municipal defendendo as propostas de Bicas.
Nesta Conferência, devido a sua experiência na organização, realização e participação nas duas conferências anteriores, seja na etapa municipal ou na estadual com atuação sempre destacada, além de seu grande envolvimento e destaque nos debates e propostas estaduais, foi eleito Delegado para representar Minas Gerais na 3ª Conferência Nacional das Cidades, realizada em Brasília.

Delegação mineira na 3ª Conferência Nacional da Cidades, realizada em Brasília.

6- Estando em Brasília para a 3ª Conferência Nacional das Cidades e sabedor das dificuldades para a liberação dos recursos para a construção de nossa Usina de Reciclagem e Compostagem de Lixo, conseguiu agendar audiência com o Superintendente Nacional da FUNASA, conseguindo esclarecer e solucionar todas as pendências do projeto, sendo finalmente liberado o recurso para o início da construção, que foi depositado na semana seguinte em conta específica da prefeitura.


A Usina de Reciclagem e Compostagem de Lixo, posteriormente destruída de forma "sombria", fato que se transformou em uma das grandes vergonhas de nossa cidade.



7- Ciente também dos problemas enfrentados na liberação dos recursos para o calçamento do Bairro Gilson Lamha e outras obras cujas verbas encontravam-se bloqueadas, Mayrink conseguiu também agendar audiência na Sala de Prefeitos, na sede nacional da CAIXA em Brasília, onde, após esclarecer e solucionar todas as pendências, conseguiu liberar os recursos de infra-estrutura urbana, reiniciando as obras de calçamento no Bairro Gilson Lamha e demais obras.

8- Mais um fim de ano e Mayrink foi presença marcante em todas as formaturas realizadas nas escolas municipais de Bicas.



TRABALHOS E CONQUISTAS EM 2008.

1- Pelo quarto ano consecutivo, consegue junto ao amigo, Deputado Estadual Roberto Carvalho a liberação de recursos do Estado para a Escola Estadual Deputado Oliveira Souza, agora no valor de R$5.000,00.

2- Diante da vasta experiência na criação de associações, atendeu prontamente ao grupo de artesanato de Bicas - Art’Bicas, ajudando a elaborar o Estatuto e o Regimento Interno para registro da entidade.

3- Mostrou ao Prefeito Municipal a necessidade de se construir a pista de skate em concreto, solucionando definitivamente o problema dos skatistas, que passaram a ter uma pista com grande variação de obstáculos favorecendo ousadas manobras, de tal modo que tem sido grande, até os dias de hoje, o número de visitantes a Bicas nos fins de semana trazendo grande satisfação a juventude e aos praticantes do esporte.
Pista de skate - conquista de Amarildo Mayrink!

4- Pelo quarto e último ano consecutivo como Vice-Prefeito, Amarildo foi presença marcante em todas as formaturas das escolas municipais e da escola estadual.



ALÉM DE TODOS ESTES FATOS, CABE DESTACAR A PARTICIPAÇÃO ATIVA DE MAYRINK SEMPRE DISCUTINDO OS PROBLEMAS DE NOSSA CIDADE JUNTO AO PREFEITO E ÀS SECRETARIAS.

1- Sendo radicalmente contrário ao uso de herbicidas nas ruas de nossa cidade, ao longo de 2008, Mayrink pesquisou, debateu, lutou e posteriormente, após a intransigência do prefeito municipal, conquistou via Ministério Público o fim definitivo da prática da Capina Química, através do uso do herbicida Roundup.

2- Acompanhou a contratação dos concursados, estando disponível na busca de solução das dúvidas a ele apresentadas. Sempre que solicitado, esteve à disposição daqueles que entenderam terem seus direitos desrespeitados, buscando a correção das falhas que chegaram ao seu conhecimento.

3- Sempre esteve à disposição dos cidadãos para solucionar seus problemas junto às secretarias municipais, tratando a todos com educação, atenção e respeito, invariavelmente obtendo uma solução satisfatória. Foram fatos isolados que nem sempre chegavam ao conhecimento do Prefeito. Com habilidade e muito diálogo, Mayrink solucionava estes problemas. Fatos como estes raramente são do conhecimento de nossa população, mas quem precisou do auxílio de Mayrink sabe que nessas horas ele esteve sempre presente e à disposição.

4- Participou de forma ativa, disponível e envolvente na Criação do primeiro "Grêmio Estudantil da Escola Estadual Deputado Oliveira Souza", fato que revolucionou de forma extremamente positiva a relação entre os alunos e corpo docente daquela escola. Graças a isto, Bicas pôde ter uma delegação participando da Conferência de Juventude Regional, Estadual e de um delegado - o jovem Jaílson - na Etapa Nacional.

Jaílson, representando o Grêmio Estudantil e a juventude mineira, participou como delegado na Conferência Nacional da Juventude, em Brasília.

5- Participou, junto com jovens biquenses, da "Conferência Regional de Políticas Públicas para Juventude", realizada em Juiz de Fora. Ao todo, participaram aproximadamente 900 jovens de 16 municípios de nossa região. Nesta Conferência, Jaílson e Renan foram eleitos delegados para a Conferência Estadual de Políticas Públicas para a Juventude.



Mayrink atuando como coordenador de uma mesa de debates e os jovens do Grêmio Estudantil do Estadual Larícia, Renan, Jaílson, Leiliane e Kaian.



6- Participou junto com uma delegação de oito jovens de Bicas da 1ª Conferência Estadual de Políticas Públicas para Juventude, onde Jaílson foi eleito como delegado para a Conferência Nacional da Juventude, em Brasília.
Sabedor da importância de envolver os jovens biquenses na discussão de políticas para a juventude, além das duas vagas garantidas para os jovens Renan e Jaílson, Mayrink conseguiu inscrever mais seis jovens como observadores, dando a oportunidade a mais duas jovens do Grêmio Estudantil e a quatro jovens que se destacaram no programa Agente Jovem.


Mayrink e jovens de Bicas com a delegação eleita na etapa regional (realizada em Juiz de Fora) na Conferência Estadual.


Mayrink, Jaílson, Larícia, Renan e Leiliane, no momento de descontração após o almoço.


Jovens de Bicas com jovens de Ibirité.

7- Elaborou a lei que criou o COMDURB - Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, do qual fez parte como presidente. Ali nascia o sonho da elaboração de proposta do Plano Diretor Participativo.

8- Conquistou um veículo para o Conselho Tutelar junto a SERVAS, através do Deputado Estadual Roberto Carvalho.

9- Intercedeu junto ao Prefeito para a permuta do terreno da Associação de Moradores do Bairro Gilson Lamha por motivo de insegurança e desabamento após obra de terraplanagem no local.

10- Total apoio ao COMTUR - Conselho Municipal do Turismo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...