segunda-feira, 11 de abril de 2011

*III SEMINÁRIO DA COMISSÃO PARA O LAICATO, A VIDA E A FAMÍLIA.

Participantes do III Seminário, membros das Pastorais da Juventude, das Comunidades Eclesiais de Base, da Pastoral Familiar e do Conselho do Laicato da Regional Leste 2 - CNBB

Click sobre as fotos para ampliar. 

No último fim de semana, aconteceu em Belo Horizonte o III Seminário da Comissão para o Laicato, a Vida e a Família da CNBB Regional Leste 2. A Comissão para o Laicato, a Vida e a Família tem por finalidade promover a vocação e missão, formação e espiritualidade, organização e atuação do laicato na Igreja e no mundo. Estiveram presentes neste Seminário lideranças leigas da Pastoral Familiar, das Pastorais da Juventude - PJ e de Movimentos Juvenis, das Comunidades Eclesiais de Base – CEB’s e dos Conselhos do Laicato da Igreja Católica de Minas Gerais e Espírito Santo. Também participei deste maravilhoso e importante evento representando a Arquidiocese de Juiz de Fora através do Conselho Arquidiocesano do Laicato. 
O Seminário foi realizado na Casa de Retiro Cenáculo nos dias 8, 9 e 10 de abril e teve como principal objetivo a "construção da identidade" da Comissão para o Laicato, a Vida e a Família, considerada de grande importância para a vida e o dinamismo da Igreja, tendo como tema “Leigos e Leigas, Portadores da Palavra e Missionários do Reino no Mundo”.
Neste Seminário, contamos com o apoio espiritual e a participação extremamente ativa em todo o evento de Dom Severino Clasen – Presidente da Comissão para o Laicato, a Vida e a Família – Regional Leste 2 da CNBB, da qual também faz parte Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo da Arquidiocese de Juiz de Fora.
Dom Severino: participação ativa do início ao fim do evento.
Pe. Flávio Luis Senra conduzindo os trabalhos de forma brilhante e  provocadora, mas com extrema simplicidade, promovendo produtivas discussões levando todos os participantes a apresentarem excelentes propostas.
O riquíssimo trabalho que realizamos nestes dias foi conduzido por Pe. Flávio Luis Senra, secretário executivo do Regional Leste 2, que levou todos os presentes a refletirem sobre nossa missão na Igreja e no mundo. Ficou claro neste Seminário que é preciso despertar no leigo o seu protagonismo. Precisamos ser “sujeito” e não “objeto” da evangelização. Ser leigo é não cumprir tabela. O leigo não deve ser massa de manobra, ou seja, precisa ser protagonista e não apenas “ovelha”. É de suma importância reforçar a participação e as conquistas dos leigos nas lutas populares. Dar qualidade cristã ao ocupar os espaços públicos de ação com uma intervenção adulta, evangélica e criativa sem perder de vista que é preciso manter viva em nossa ação evangélica uma clara opção pelos pobres. 
No encerramento do evento, pude perceber nitidamente em todos os participantes novo ânimo e nova disposição para uma atuação transformadora da Igreja no mundo.
Dom Severino, na celebração da manhã de domingo.
Momento da oferta do trabalho de Leigas e Leigos de nossa Igreja.
Momento dos trabalhos dos grupos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...