terça-feira, 7 de maio de 2013

*BICAS ONTEM E HOJE - PARTE 5.

Hoje, trago a 5ª edição do "Bicas Ontem e Hoje". Desta vez, seguindo a sugestão de um grande amigo, passo a apresentar a foto atual também em preto e branco, quando a antiga assim o for. Espero realmente que gostem!


Aqui, nossa antiga Estação Ferroviária...

.
Hoje, a Rodoviária de Bicas.


a
a

Aqui, a antiga Rua Coronel Souza, no cruzamento com o leito da ferrovia...

Hoje, o mesmo local sem sinais de que um dia passou trem por ali. No antigo leito ferroviário, à esquerda, o início da Rua Nilson Batista Vieira.


a
a


Aqui, uma antiga foto do Clube Biquense em seu formato original, com apenas uma torre...

Hoje, o Clube Biquense está muito bem cuidado e possui duas torres.


a
a

Aqui, o portão principal das Oficinas, nos bons tempos da RFFSA...

Hoje restou apenas a pequena réplica da estação.
 a
a
.
Aqui, uma antiga e bela tomada da Rua Coronel Souza...

Hoje, grandes prédios tomaram conta da Rua, em especial, no lado esquerdo de quem sobe em direção à prefeitura.


b
m
Aqui, o antigo prédio na esquina da Av. Bianco...


Onde hoje foi construído belo edifício que abriga a Farmácia Txai.
a
a


Aqui uma foto nostálgica! O antigo Cinema de Bicas - o Cine Theatro São José...

Hoje, parte da fachada original ainda resiste, mas poucos reconhecem o antigo cinema.


g
m

Praça São José, por volta de 1978. Vemos estacionado o caminhão da extinta COBAL...

Hoje, as árvores cresceram mas o local ainda conserva o parte do visual dos anos 70.


n
m


Aqui, outra foto nostálgica, com trilhos, locomotivas e vagões, além das oficinas em pleno vapor, vendo-se a estação ferroviária ao fundo...

Hoje, apenas uma rua e carros estacioandos, mas a antiga estação resiste.



d
f

Por fim, esta foto antiga do casarão da Rua Artur Bernardes - a Rua do Bonde. Ela já foi apresentada aqui, mas...


 A foto atual já apresenta o mesmo casarão completamente reformado e belíssimo.

.

3 comentários:

  1. Aí a gente vê a casa que era (ou é) do Homerinho e fica feliz.
    Aí a gente vê o que substituiu o Cine Teatro... e chora...

    ResponderExcluir
  2. Lindas fotos! Muito criativo,mostrando as antigas e as atuais!

    ResponderExcluir
  3. Amarildo, olhando as fotos pude perceber que em uma delas aparece o auto de linha que até 1996, estava no galpão do antigo Setor Díesel... O que será que foi feito deste auto? Ela estava em perfeito estado de conservação e apenas não tinha o motor. O restante, estava intacto. Junto dele, o vagão prancha que hoje está lastimavelmente abandonado com seus truques no patio da Rede. Uma pena o que tem sido feito da memória ferroviária de Bicas e do Brasil. Nossa cultura errada de idolatria do automóvel, condenou nossas ferrovias ao esquecimento e sucateamento. Dou mais uma vez parabéns a você pelo belo trabalho que tem desenvolvido em prol de nossa memória ferroviária.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...