sábado, 8 de dezembro de 2012

* BELA SOLENIDADE DE FIM DE ANO NA ESCOLA DE SANTA HELENA NOS CONVIDA À REFLEXÃO.


Iniciando da esquerda, Gabriela, Beatriz, Vânia, Professora Marta, Maria Eduarda, Gabrielle e Lucas.

 .
Com muita alegria participei ontem da solenidade de entrega do Histórico Escolar a Lucas Ezequiel dos Santos Silva, Beatriz Aparecida Bento, Gabriela de Jesus Afonso, Gabrielle Machado Guarnieri, Maria Eduarda Prado Mazza Dupont e Vânia Rosa Albino, alunos do 5° ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal do Povoado de Santa Helena.

É sempre um imenso prazer para mim participar das festividades de encerramento do ano letivo nas escolas de Bicas, mas confesso que tenho um carinho especial pelas escolas mais afastadas da sede do Município, como a de Santa Helena e a do Valparaíso, hoje, única escola rural de Bicas.

Nestas escolas, pelo fato de terem um número menor de alunos, percebe-se uma relação quase familiar entre corpo docente, alunos e seus pais, fazendo com que estas solenidades tenham como maior riqueza a simplicidade com extrema afetividade.

Justamente por isso sempre lutei pela a manutenção do funcionamento destas escolas. É realmente belo ver os estudantes prestarem homenagens aos professores carregadas de emoção. Isso se deve principalmente ao fato de, com turmas com menor número de alunos, os professores poderem dar mais atenção aos mesmos.

Infelizmente o que vemos hoje é o fechamento das escolas das pequenas comunidades, transformando as escolas da sede do Município em verdadeiros “depósitos de crianças”. Penso que já passou da hora de olhar com mais carinho para esta questão! Não me conformo de ver prédios escolares abandonados como em São Manoel e no Athaíde, esta com excelentes instalações e que foi fechada recentemente.

É preciso mudar o olhar! Enquanto nos países mais avançados do mundo o foco é o retorno aos pequenos núcleos escolares, aqui fazemos o caminho inverso.

Outro fato importante a destacar foi perceber a emoção da Diretora Cláudia, que realizou um belíssimo trabalho à frente da escola, se despedindo da comunidade. Aí bato mais uma vez na tecla de que já passou da hora de instituirmos eleições diretas para diretores das escolas municipais. Quando uma diretora ocupar este cargo com a legitimidade da escolha democrática feita pelos alunos, pais e o corpo docente da escola, aí sim, esta diretora terá legitimidade para gerir e, o mais importante, estará livre da dependência cruel do prefeito ou da secretária “A” ou “B”. Não veremos mais o terrorismo praticado por maus políticos que usam nomeações para os cargos públicos ao bel-prazer. Cargos públicos – direção escolar em especial – não podem continuar a ser “peças no tabuleiro”, questão de capricho pessoal dos maus gestores.

Resta-me a expectativa de que a nova administração tenha a capacidade, a sensibilidade e a grandeza de enxergar estes fatos e rever conceitos, para que a escola de Santa Helena e a educação em Bicas sigam seu caminho e para que nossas comunidades rurais voltem a ter vida.


Juramento dos estudantes de continuarem na caminhada em busca de um futuro melhor.
Momento da Professora e Paraninfa da Turma, Marta Regina Machado Horta lembrar histórias e desejar sucesso aos alunos concluintes do 5° ano do ensino fundamental.
 .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...