quarta-feira, 21 de abril de 2010

*ECOLOGIA E MISSÃO.

O tema “meio ambiente” tem sido recorrente nos últimos meses. Leia este interessante texto publicado por J. B. Libanio no semanário litúrgico “O Domingo”, de 18 de abril de 2010:

ECOLOGIA E MISSÃO.

Homo sapiens, Homo destruens.

O processo evolutivo do big bang até o surgimento da humanidade passou por violentos cataclismos de vida e de morte. Mas lentamente a vida se firmou contra as ameaças da natureza até o advento do ser humano. Alguém que ontem não tinha consciência de si hoje inicia o processo de humanização. Aos poucos enfrenta a natureza em sua força e agressividade. Dotado de razão, fabrica instrumentos como meios para subjugá-la. Quanto mais aperfeiçoa as ferramentas, tanto mais agride o ambiente. No começo, tudo caminha lentamente. Com facilidade, imaginamos a Idade Média como momento cultural de contemplação. A expansão enorme da vida religiosa contemplativa, com mosteiros e conventos situados em lugares geográficos maravilhosos, criava uma mentalidade de admiração diante da beleza da natureza. Esta se tornara a matriz do pensar, do rezar, do agir. O ser humano se sentia pequeno em face dela. Ora o fascínio diante de momento de esplendor de beleza, ora o temor em face das catástrofes despertavam nele o sentimento religioso. Isso é parte da verdade. Estudiosos da tecnologia denunciam ali inícios de devastação da natureza por conta da industria do vidro, do couro e do abate de animais. Derrubavam-se arvores para alimentar o fogo dessa indústria incipiente e aquecer as casas no frio. Sem cuidados de higiene, já se poluíam as águas e os cortes da natureza feriam o equilíbrio. Anunciavam-se já estragos que rompiam a harmonia do ambiente.

O ser humano diferencia-se do animal ao introduzir desequilíbrios no mundo circundante. Em vez de ler a natureza nos seus sinais de vida e morte, impõe suas regras com outra lógica. E, aos poucos, o jogo entre vida e morte se inclina para o aumento da vida humana à custa de toda outra vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...